A mudança e a oscilação dos mercados, obriga todas as estruturas empresariais a uma adaptação e a uma resposta condizente com as necessidades destes.

Num ano que se avizinhava particularmente difícil, a SAVE 21 operou as alterações tidas como necessárias para acompanhar as necessidades instantâneas dos mercados internos e externos onde o Grupo opera.


A continuidade, com os olhos postos na excepção serão as metas a atingir num novo ano onde, não se esperam facilidades mas para o qual, seguiremos devidamente preparados.

Toda a estrutura da SAVE 21 se encontra consciente das dificuldades que foram ultrapassadas, que continuam a existir e que surgirão, no entanto, a consciencialização operada será vital no cumprimento dos objectivos a que nos propomos em consonância com todos os objectivos assumidos pelo Grupo na sua totalidade.